Entenda na prática porque a integração entre essas duas frentes de trabalho é tão importante 

Marketing e venda devem ser enxergadas como atividades complementares em meio a gestão de uma empresa. Isso se deve ao fato de o sucesso de um e o processo de outro estarem diretamente interligados. 

Os esforços ligados à área de marketing podem impactar positivamente a percepção do cliente quanto às soluções oferecidas por uma empresa. Ao mesmo tempo, se a experiência de relacionamento estabelecido junto a equipe de vendas não for assertiva, todo o esforço anterior será em vão. 

Pensando em discutir esse e outros pontos ligados a marketing e venda, preparamos este artigo com dicas sobre como alinhar essas duas atividades em uma organização.  

É possível vender sem fazer marketing, mas…. 

Você já deve ter ouvido alguém dizer que é possível vender sem fazer marketing. E embora a afirmação seja verdadeira, essa não é uma estratégia recomendada. Uma empresa que opera sob essa perspectiva mantém seu foco exclusivamente em vendas a curto prazo, sem pensar na melhor forma de se posicionar no mercado em que atua. 

Na prática, isso significa que essa organização desconhece o seu público e nada tem feito para se posicionar estrategicamente em seu segmento, de forma a crescer com consistência. Em resumo, trata-se de uma empresa que terá poucas chances de sobreviver no mercado devido à falta de planejamento, assim como tantas outras. 

Marketing é o caminho mais curto para a venda 

O trabalho de marketing hoje, sobretudo quando se fala de Inbound Marketing, passa por qualificar seus potenciais clientes (os chamados leads) e captar os mais propensos a aderentes as soluções oferecidas pela empresa. 

Nesse processo, há todo um trabalho de conhecer melhor esse perfil de “consumidor preferencial” para qualificá-lo com as informações certas sobre seus produtos e serviços, fazendo com que ele se convença da necessidade que possui e se torne um cliente recorrente. 

Vender requer habilidades fora do marketing 

Como vínhamos dizendo, o marketing está relacionado a comunicação, a forma como uma empresa se apresenta para seu público. Quanto a isso, devemos dizer que somente esse aspecto não basta para conquistar clientes. E é aí que entra o time de vendas. 

Afinal de contas, são eles que estão em contato direto com as pessoas, apresentando melhores condições de avaliar quais são suas “dores”, necessidades, dúvidas e afins. E a partir disso eles podem pautar o trabalho de persuasão que envolve qualquer tentativa de venda. 

Além da persuasão, temos também outra questão inerente a venda e que também não passa pelo marketing, que é a negociação. Essa é a hora do vendedor demonstrar que além de essencial, a solução de sua empresa pode ser acessível, mediante a concessão de algum desconto e formas di

ferenciadas de pagamento. 

Marketing e venda funcionam melhor juntos                                                                                                                     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você deve ter percebido que marketing e venda representam um ciclo, em que uma e outra etapa se completam. Daí a insistência em afirmar a necessidade de integrar essas duas frentes de trabalho, que se enxergadas de forma isolada não produzem bons resultados. 

Quem trabalha apenas pela perspectiva do marketing, por exemplo, está simplesmente qualificando um lead para uma compra que nunca ou quase nunca vai se concretizar. 

No caso inverso, trabalhando apenas pela perspectiva do comercial, as vendas podem até acontecer, mas demandarão muito mais esforço e energia dos vendedores, por haver, da parte do mercado, total desconhecimento sobre as soluções propostas pela sua empresa. 

Por isso, para alcançar melhores resultados, busque um equilíbrio entre ambos os setores da empresa.